11 5031-3365

11 97570-0077

Blog

Você está em: Home > Guia de Coleta Seletiva > Quais são os materiais recicláveis e não-recicláveis?

Quais são os materiais recicláveis e não-recicláveis?

Guia de coleta seletiva - Reciclagem


Conforme falamos em publicação anterior (Por que reciclar o lixo?), a reciclagem é fundamental para a sobrevivência da espécie humana e para aproveitamento sustentável de nossos espaços de convivência e produção; em outro momento, apontamos também as Cores da Coleta Seletiva de forma simples e prática.


Hoje simplificaremos uma das questões que mais geram perguntas de nossos clientes: os materiais que podem ou não ser reciclados.


Evidentemente, estamos tratando aqui da reciclagem em ambiente doméstico, de condomínios, clubes e pequenas empresas; visto que grandes indústrias que geram resíduos específicos devem responder às normas específicas de seus setores, como ocorre com indústrias químicas e fabricantes de eletrônicos, telefonia, informática pilhas e baterias por exemplo.


 

Quais são os materiais que podem ser reciclados?

 
Primeiramente temos de diferenciar os 3 Rs da SustentabilidadeReduzir, Reciclar e Reutilizar.

 
  • Reduzir - O princípio de sustentabilidade indica que para o desenvolvimento sustentável temos de reduzir a quantidade de material desperdiçado ou descartado, seja por meio de consumo consciente ou reutilização de materiais.
     
  • Reutilizar - Materiais como madeira, restos de material de construção, entre outros, não podem ser reciclados tão facilmente quanto é possível com plástico e vidro, por exemplo. Entretanto há um grande mercado de materiais "de demolição"; materiais reutilizados em construções por princípio de sustentabilidade, economia ou mesmo por questões decorativas, sejam elas "retrô" ou não. Esse foi apenas um exemplo de reutilização de materiais outrora nomeados como não-recicláveis.
     
  • Reciclar - "Reaproveitamento de algo para a elaboração de novos produtos ou para a sua própria recuperação em boas condições (reciclagem de água poluída, reciclagem de lixo)." Dicionário Aulete online

Em geral, é possível reciclar papéis, vidros, plásticos e metais. Para mais detalhes, consulte a tabela no fim deste artigo.
 

 

Quais são os materiais que não podem ser reciclados?

 
Segundo a definição de reciclagem acima, estes são os materiais que não podem ser reciclados (na reciclagem doméstica ou em empresas de pequeno e médio porte):
 
  • Lixo Orgânico: restos de comida, cascas de legumes, frutas, cascas de ovos, etc.
  • Os chamados Rejeitos: lenços, papel higiênico, absorventes e guardanapos de papel sujos, fotografias, espuma, acrílico, espelhos, cerâmica, porcelana, tijolos etc.
  • Resíduos contaminantes específicos como pilhas e baterias.
  • Resíduos hospitalares: algodão, seringas, agulhas, gaze, ataduras etc.
  • Lixo químico ou tóxico: embalagens de agrotóxicos, latas de verniz, solventes, inseticidas etc.
 

 

E o que fazer com esses resíduos que não podem ser reciclados?

 

Compostagem doméstica, em restaurantes e refeitórios.



Para os resíduos orgânicos (lixo orgânico), como restos de alimentos, folhas secas etc. há a opção da compostagem, que além de Reduzir o lixo jogado nos aterros e estações de tratamento, produz adubo limpo e sustentável, podendo gerar economia e até mesmo uma fonte alternativa de renda. 

Falaremos especificamente sobre compostagem em um futuro próximo, mas é importante destacar que os resíduos orgânicos não devem mais ser considerados "lixo", pois esse tipo de resíduo pode ser uma importante fonte de energia de material para jardinagem e aprimoramento do solo para hortas, como uma forma de  Reutilizar o alimento que, de outra forma, seria desperdiçado.

A Natural Limp desenvolveu e fabrica um produto de alto desempenho e simples de usar para viabilizar a compostagem doméstica, em condomínios, restaurantes e refeitórios. Saiba mais no link a seguir: http://www.naturallimp.com.br/composteira/produto/composteira-para-compostagem-seca-de-residuos-organicos
 


 

Coletor para material hospitalar; resíduos contaminantes


Descarte de Resíduos Hospitalares (material infectante)



Profissionais da saúde que trabalham em hospitais, clínicas e consultórios em geral estão familiarizados com coletores para lixo hospitalar e resíduos contaminantes; portanto não é necessário apresentar aqui muitas instruções a esse respeito. 

Os coletores para essa finalidade devem ser identificados com o símbolo de material infectante, padrão global, e geralmente são fornecidos nas cores branca ou preta.




 

 

Coletor para pilhas bateria e celulares - Natural Limp

Descarte adequado de resíduos químicos, tóxicos e contaminantes


Há coletores específicos para cada tipo de resíduo a ser descartado.
Para pilhas e bateias, por exemplo, há coletores como este na imagem ao lado e que podem ser utilizados em empresas, condomínios e locais de grande circulação.

Esse tipo de coletor é obrigatório em pontos de vendas de pilhas, baterias e eletrônicos em geral em diversos países e em alguns municípios brasileiros.

Jamais descarte produtos eletrônicos juntamente com o lixo residencial, pois esse tipo de resíduo contém substâncias tóxicas que contaminam o solo e a água. Procure sempre o revendedor, que deve receber esse material e realizar o descarte adequado do material.

Confira a seguir uma lista simplificada de materiais recicláveis e não-recicláveis:
 


 

Tabela de produtos recicláveis e não-recicláveis

 
                                                               PLÁSTICO  
Reciclável:   Não Reciclável:
     
Copos   Cabos de Panelas
Sacos/ Sacolas   Adesivos
Frascos de produtos   Espuma
Tampas   Acrílico
Potes   Embalagens Metalizadas (Biscoitos e Salgadinhos)
Canos e Tubos de PVC    
Embalagens Pet (Refrigerantes, Suco, Óleo, Vinagre, etc.)    
     
 
 
                                                               METAIS 
Reciclável:   Não Reciclável:
     
Tampinhas de Garrafas   Clipes
Latas   Grampos
Panelas sem cabo   Esponja de Aço
Ferragens   Aerossóis
Arames   Latas de Tinta Latas de Verniz, Solventes Químicos, Inseticidas
Chapas    
Canos    
 Pregos / Parafusos / Ferramentas    
 
                                                               PAPEL 
Reciclável:   Não Reciclável:
     
Jornais e Revistas   Etiquetas Adesivas
Listas Telefônicas   Papel Carbono
Papel Sulfite/Rascunho   Papel Celofane
Papel de Fax   Fita Crepe
Folhas de Caderno   Papéis Sanitários
Formulários de Computador   Papéis Parafinados
Caixas em Geral (papelão ondulado)   Papéis Plastificados
Aparas de Papel   Guardanapos
Fotocópias   Bitucas de Cigarros
Envelopes   Papel fotográfico
Rascunhos    
Cartazes    
 
 
                                                               VIDRO 
Reciclável:   Não Reciclável:
     
Garrafas   Espelhos
Potes de Conservas   Boxes Temperados
Embalagens   Louças
Frascos de Remédios   Cerâmicas
Copos   Óculos
Cacos dos Produtos Citados    Pirex
Caixas em Geral (papelão ondulado)    Porcelanas
Para-brisas    Vidros Especiais (tampa de forno e micro-ondas)
    Tubo de TV
 
Nós da Natural Limp temos orgulho de ser uma empresa pioneira em implantação de projetos de coleta seletiva.
Hoje trabalhamos com lixeiras e coletores com capacidades que variam de 10 litros a mais de 1000 litros em materiais como polipropileno, polietileno injetado, polietileno rotomoldado de alto impacto, aço inox, aço galvanizado... Seja o que você precisar, temos a solução ideal a preço justo!
Conte sempre com a nossa ajuda para encontrar a melhor solução em equipamentos para coleta seletiva em aplicações residenciais, comerciais, industriais e qualquer outra finalidade.

Saiba mais sobre nós:
"Quem Somos"
"Contato"
"Loja"


Natural Limp. Transformando sua relação com o meio ambiente!